Alunos se encantam com aula no Parque das Capivaras

Programação envolve profissionais da FAACI e da Conasa na missão de despertar para a preservação ambiental e da biodiversidade

 

 

Um passeio pela trilha do Parque das Capivaras, orientado pelo biólogo da FAACI Rodrigo Merege, durante o trajeto, sobre a biodiversidade do local. Esta é a atividade que está envolvendo muitos alunos das escolas do município, numa atividade que culmina com interessante palestra dos técnicos Alexandre dos Passos e Gilson Araújo, da Conasa Águas de Itapema, acompanhados pela técnica em Segurança do Trabalho da Companhia, Larissa Weber. Eles falam sobre a importância da consciência e responsabilidade ambiental, e demonstram, in loco, como se faz o tratamento da água para que possa ser potável.

 

O projeto, desenvolvido pela FAACI com apoio da própria Conasa e também da rede de supermercados Koch – que fornece lanche para os participantes da ação – tem feito os olhos das crianças e adolescentes ficar vidrados com as novas descobertas. A estreia do programa foi terça-feira, com a participação de 36 alunos da sexta série da Escola Municipal Educar, da Meia Praia. E, apesar da inquietação própria da idade, foi evidente o envolvimento dos pré-adolescente com o tema e com a causa.

 

“É fundamental trabalhar a consciência ambiental com as crianças desde cedo, levando a teoria debatida e estudada em sala de aula para a reserva natural, através de atividades experimentais”, defende Cláudia dos Anjos, Chefe dos Anos Finais da Secretaria de Educação. Bióloga de formação, elogiou a participação da iniciativa privada. “Gostei muito de chegar aqui no parque e ver o envolvimento da Conasa. Esses eventos estimulam os alunos e são assimilados mais facilmente por eles, construindo uma consciência sobre a importância da preservação do meio ambiente, que é retransmitido para seus pais, familiares e amigos”.

 

Sua opinião é compartilhada pela educadora ambiental da FAACI Beatriz Ramser, que elogia a presença dos parceiros para que ações como essa possam ser realizadas. “Não só o poder público é responsável. O trabalho da Conasa também é muito importante para despertar a responsabilidade de cada um para a preservação da biodiversidade”, diz. Na equipe da FAACI, ainda a estagiária Letícia Grabovske, que lembrou a questão da água como o nosso maior patrimônio, uma vez que é elemento vital.

 

“Ficamos muito felizes em poder participar de ações deste cunho, mais ainda pela receptividade da FAACI. Nós somos uma empresa que foca a saúde humana através da captação, tratamento e distribuição de água para o consumo e temos um cuidado especial com este patrimônio”, comenta Eduardo Vergutz, superintendente da Conasa Águas de Itapema. O executivo realça o compromisso da empresa, que tem como lema tratar bem a água para, consequentemente, tratar bem a vida.

 

A ação segue nesta quinta, Dia Mundial da Água, e encerra sexta-feira, com programação a partir das 14 horas.