Artesanato de luxo amplia espaço ponto a ponto

Maristela Amorim

 

Vocês já notaram como as bolsas de crochê estão em alta, uma mais bonita que a outra? Um dos nomes de sucesso neste segmento é o de Gianne Becker ( @ ), que apresenta modelos autorais, arrojados, com a qualidade de um produto feito à mão com muito cuidado e carinho.

Desenvolvidas com linhas mais grossas ou com fio de malha – material que sobra da indústria têxtil e de confecção – as bolsas que ela cria são lindas! Com pontos tão diversos e interessantes quanto os modelos, têm ainda detalhes caprichados e alças sempre diferenciadas, identificando este que é mesmo um artesanato de luxo.

WhatsApp Image 2021-01-15 at 16.10.44.jpeg

 

Assim, Gianne vai escrevendo a sua história que, na verdade, começou um bom tempo atrás. Ela sempre gostou de trabalhos manuais. Aos 10 anos entrou na aula de bordado e aos 13 passou a fazer aulas de tricô e crochê. O que não era muito comum para uma adolescente. Mas era paixão. Depois vieram também aulas de pintura, de vitral, de arraiolo.

A família tinha uma loja bem conceituada no centro de Florianópolis e Gianne começou a fazer tiaras com véu para a época de Primeira Comunhão nos colégios da cidade. Mais tarde passou a montar laços para crianças. E olha que a investida já ia muito bem também.

Mas o crochê falou mais alto. Os modelos de bolsa foram encantando cada vez mais e o resultado que se vê é essa produção incessante, com alternativas para a praia, o lazer, o dia-a-dia e até para eventos mais exigentes e festas.

Tudo tecido ponto a ponto, conferindo uma aura contemporânea a esta trama secular – sim, não se sabe exatamente quando e onde nasceu o crochê, mas como arte, dizem que vem lá do século 16. E que Gianne Becker imprime ainda mais primazia.

 

WhatsApp Image 2021-01-15 at 16.11.39.jpeg

 

Produção de conteúdo para o @estacaoyounger - o canal de lifestyle do Young Beleza e Estética