Itapema terá R$ 100 milhões de investimento para ampliação do saneamento básico

Presidente da Conasa anunciou recursos para obras dos sistemas de água e esgoto que serão executadas em 12 meses

 

Itapema estará entre as cidades brasileiras com a maior rede de tratamento de esgoto no País no período de um ano. Mário Marcondes Neto, presidente da Conasa Águas de Itapema, anunciou na noite da última sexta-feira (22), na abertura do evento que marcou “O Dia Mundial da Água” e que trouxe o jornalista André Trigueiro para palestra sobre a gestão sustentável da água, que a Companhia já conta com R$ 100 milhões em caixa para a realização das obras que vão ampliar a rede de coleta de esgoto no município de 74% para 90% no período de 12 meses. O patamar será alcançado com a construção de 37 quilômetros de rede coletora de esgoto nos bairros Jardim Praia Mar e Morretes.

 

Os recursos também serão investidos na ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Morretes, e na construção de mais uma estação de tratamento de água em Itapema com capacidade para processar 125 litros por segundo e armazenar sete milhões de litros de água tratada. A lagoa de reservação será também ampliada para a armazenagem de mais 200 milhões de litros de água bruta. Hoje, Itapema já conta com reserva de 290 milhões de litros de água bruta e realiza o atendimento de 100% da população com o abastecimento de água tratada. Os investimentos são motivados pelo crescimento da população e expansão do município.

 

As obras já começaram em 11 de março no Jardim Praia Mar e serão intensificadas de forma acelerada para o bairro Morretes. “Será preciso compreensão da população em relação aos transtornos inerentes às obras. Cerca de 500 pessoas vão trabalhar durante 12 meses para que todos estes investimentos se concretizem e tragam qualidade de vida e desenvolvimento socioeconômico para Itapema. Com certeza, será um dos maiores montantes investidos em saneamento no Estado e ainda o maior número na geração de empregos neste período”, afirmou.