Saiba como rastrear vazamentos em sua rede de água

Vazamentos de água em edificações podem originar inúmeros incômodos. Além de gerar aumento no valor da conta mensal, em alguns casos pode até interferir na estrutura da construção. Para que este tipo de inconveniente não resulte em maiores transtornos, é importante se ater aos pequenos detalhes, identificando infiltrações, paredes mofadas e problemas em encanamentos. Evitar prejuízos requer atenção, e alguns procedimentos devem ser executados. Guilherme Maurício Marques, engenheiro de operação e manutenção da Conasa Águas de Itapema, apresenta informações certeiras que vão fazer você economizar e evitar dores de cabeça. 

 

No ramal abastecido diretamente pela rede (residência sem reservatório) 
1º - Feche o registro do cavalete;
2º - Abra uma torneira alimentada;
3º - Espere até a água parar de correr;
4º - Coloque um copo cheio de água na boca da torneira;
5º - Se houver sucção da água do copo pela torneira, é sinal de que existe vazamento no cano alimentado diretamente pela rede.

 

Vazamento na rede interna 
1º - Mantenha aberto o registro do cavalete;
2º - Feche bem todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários;
3º - Feche completamente as boias d'água, não permitindo a entra de água;
4º - Marque a posição do ponteiro maior do hidrômetro e, após uma hora, verifique se ele se movimentou; 
5º - Caso ele tenha se movimentado, é sinal de que existe vazamento na rede interna de sua residência. 

 

Na instalação alimentada pela caixa 
1º - Feche todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários;
2º - Feche completamente a boia da caixa d’água, impedindo a entrada de água;
3º - Marque na caixa o nível da água e, após 1 hora, no mínimo, verifique se ele baixou;
4º - Em caso afirmativo, há vazamentos na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa de água.

 

Vazamento em cisternas de edifícios 
1º - Feche o registro de saída da cisterna do edifício;
2º - Prenda completamente a boia da cisterna impedindo a entrada da água;
3º - Marque no reservatório o nível da água e, após 1 hora, no mínimo, veja se ele baixou;
4º - Em caso afirmativo, há vazamento na cisterna.